Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Segredo revelado

Segredo revelado

02.02.12

I like Facebook na Bolsa ...


segredo_revelado

Li, algures num daqueles jornais de distribuição gratuita , que o Facebook ia , a partir de ontem , passa a ser cotado na Bolsa de Valores.

Primeira pergunta , estúpida, dirão vocês , que me ocorreu ao saber desta novidade : - '' Mark Zuckerberg ''curte'' isso?''

Suponho que curta , tal como eu curtiria se tivesse a idade e o dinheiro dele.Pensando bem , que se lixe a idade do moço , já me dava por contente com parte da fortuna pessoal.

Epá , tenho uma relação um bocado estranha com o Facebook, pois , ao contrário de muitas pessoas que conheço , não sou daqueles que não passa um dia sem lá ir.

No meu grupo de amigos , como boa ovelha negra que sou , fui dos últimos , senão o último mesmo , a aderir a essa ''doença'' que tem vindo a contagiar milhões de pessoas por esse mundo fora. Para ser franco , e como a internet transforma o mundo que conhecemos num lugar que parece tão pequenino , até me admira como não existem já ''facebookianos'' de um qualquer planeta distante.

Eu , já de natureza um bocado parvo , fico mais parvo ainda com a espantosa adesão de pessoas com diferentes conhecimentos informáticos e diferentes habilitações escolares, já para não falar na diferença de idade , credo , ideologia política ou preferência clubistica, ao Facebook. Para meu grande espanto , até o meu irmão , antes um grande noob nestas coisas virtuais , ficou fã do raio do Facebook , tal como , descobri recentemente , aconteceu com uma das minhas tias. Já nem falo na minha sobrinha , uma ''piolhinha'' de 7 anos , que ainda mal sabe ler e escrever, já se acha no direito (ou será dever?) de ter um Facebook também. Pergunto eu : - '' Mas esta gente ensandeceu de vez?!'' 

Estou ''limpo'' de consumo de Facebook vai para mais de 2 meses e não foi por isso que o meu pequeno e entediante mundinho se tornou ainda mais pequeno e mais entediante. Confesso que , no período de tempo que faço uso do Face, até sou capaz de me divertir a ler umas bacoradas e a escrever outras tantas , mas , por favor , não esperem que eu tenha pachorra para ''laikar'' a torto e a direito , para responder a alguns daqueles inquéritos que não interessam nem ao menino Jesus, nem para aceitar como ''amigo'' um qualquer desconhecido .

Eu sei, eu sei , sou um esquisitinho do caraças! Sou mesmo, não me custa assumir!

Por muitas horas que passe agarrado ao teclado , horas suficientes para fazer ganhar calo onde o macaco já tem um (nos  dedos , ó mentes brilhantes! ), há certas merdinhas com as quais nunca hei-de ir à bola nem à lei da bala.

Lembrei-me agora de uma coisa. Já repararam que até a nossa classe política usa e abusa do Face como forma de fazer campanha ideológica? Camelos do caraças! Um deles , desses espertos que têm o destino do país nas mãos, que explique a alguém que nunca usou um computador , que ouve falar na internet ,mas nunca ''navegou'' , que , depois de uma vida de trabalho duro , tem uma reforma de treta, como por exemplo o meu pai , que raio de eficácia , política ou outra, tem um comunicado que se faz através do Facebook.

''Ah e tal , o gabinete do Presidente da República declara que não há qualquer  conflito institucional com o Governo.'' Porreiro! Eu gosto disso! Gosto , não sei é se percebo o interesse da divulgação disso no Face. Será que um dia , e há qem julgue que esse dia até nem está assim tão distante , iremos tomar conhecimento da bancarrota do país através do Facebook?

Bem , voltando ao inicio , o Facebook vai passar a estar cotado em Bolsa , por isso , e já que é arriscado investir na compra de divida pública nacional , mais vale passarmos a ser accionistas do Facebook, sempre temos uma maior possibilidade de vir a tirar dividendos desse investimento.

Até eu me tornava devoto de S. Facebook!

Chega de palermices . Olhem , se gostarem façam-me um like.{#emotions_dlg.ok}

 

 

 

segredo revelado: Se a ida regular ao Facebook me garantisse umas quantas acções da empresa na Bolsa , caramba, ficava online 24 horas por dia, 7 dias por semana , 31 dias por mês.

 

01.02.12

Vou ser dono de um banco...


segredo_revelado

 

Ontem , ao ver o Telejornal , fiquei um bocado alarmado ao constatar que a banca nacional está quase tão pobrezinha quanto eu.

Ao que parece , o outrora maior banco privado português , Millennium , viu reduzida a sua capitalização bolsista em vários milhares de milhões de euros , desde a saída do seu fundador Jardim Gonçalves.

Bem , não fujam já , não vou continuar a escrever sobre crise bancária , Troika , FMI ou concertação social. O post de hoje , inspirado pela crise da banca , tem a ver com uma ideia (genial?) que tive para se fazer, sem recurso a pedidos de empréstimo, um banco .

Já sei que alguém mais engraçadinho deve estar a pensar que me refiro a fazer um banco de jardim, mas não é desse tipo de bancos que falo.

Ora, pensem lá comigo , se fazem favor...

Portugal tem visto , nas últimas décadas , a taxa de natalidade a decrescer...Portugal tem visto , nas últimas décadas , o agudizar da crise financeira sentida nos bolsos dos ''tugas''...Portugal tem visto , nas últimas décadas , a nacionalização de bancos , a privatização de bancos  e a fusão de bancos.

Junta-se tudo , mistura-se bem...Conclui-se o quê? Devemos apostar na criação de bancos... de esperma!

 

A criação de bancos de esperma pode ser a salvação do país , quer no aumento da taxa de natalidade , quer na melhoria das condições financeiras de todos aqueles que se tornem accionistas dos ditos bancos de esperma.

Ao contrário de um banco tradicional , a criação de um banco de esperma não requer nenhum investimento financeiro avultado. Quanto muito , e se a pessoa não se ajeitar na recolha de... bem , de capital , requer apenas a ajuda de alguém que dê uma mãozinha nessa tarefa.

Outra vantagem na criação de um banco de esperma é não haver a obrigatoriedade desse banco possuir uma sede financeira situada num qualquer paraíso fiscal. Um banco de esperma , caso não haja uma localização melhor para ele , pode até ser criado no próprio carro do banqueiro. Antes de julgarem a ideia disparatada , façam uso das vossas memórias de adolescente e lembrem-se das histórias, vividas ou ouvidas, que se passaram no banco de trás de alguns carros. A malta era nova , meio desajeitada... os bancos é que sofriam.

Como estamos em tempo de crise e alguns já nem carro próprio têm , há uma outra alternativa , uma alternativa que até é mais ecológica : os bancos de jardim! Caso optem por sediar o vosso banco de esperma num banco de jardim, convém ter noção de alguns riscos associados , como a existência de mirones , dejectos de pássaros no local dos depósitos e , muito importante , a forte possibilidade de vir a ser condenado , não por fraude financeira , mas por atentado ao pudor.

Os mais comodistas , aqueles que julgam que um sofá também pode servir como sede do banco , lembrem-se do factor amortização. Um sofá é , regra geral , uma superfície fofa, uma superfície mole. Ora , que raio de impressão íamos dar ao criar o banco , que se quer sempre firme e hirto a resistir às crises , se a sede do banco fosse num local associado ao relax , comodidade e ''moleza''?! A concorrência até se ia rir de nós.

Por falar em nós , lembrei-me de algo importante : a existência ou não de sócios na criação do banco. Opa , apesar de ser verdade que basta um único investidor para fazer crescer o negócio e criar o banco , é inegável que a existência de um sócio torna tudo muito mais prazeiroso.

Bem , conselhos dados , estratégias delineadas , acho que agora só falta mesmo procurarem um sócio ou uma sócia, fazerem o balanço (de contas , claro) e dar inicio ao vosso próprio banco.

 

 

 

 

segredo revelado: Desocupação dá nestas ideias!